sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Sozinho

Não vejo rumo. Tú me deixou só, procuro em outras pessoas o teu carinho, não consigo perar de pensar em você desde que você sumiu, você bem que podia perdoar este meu erro, me dá mais uma chance de sermos felizes, prometo que zelarei por ti pra não lhe perder novamente.
Sozinho aqui estou, triste, sem rumo, só pensando em você. Me dá mais uma chance, pois não aprendi a te esquecer, só aprendi a gostar de você cada vez mais.
Sinto saudades desses nossos beijos e abraços, por ter você de volta faço tudo, nado o atlântico, vou à pé aos EUA, subo ao topo do Monte Everest sem agasalho, pulo até das Cataratas do Iguaçú, enfim, por ti eu faço de tudo, mas, quero você de volta! Mas por favor, não me deixes sozinho, abandonado. Mande uma foto sua, ligue pra mim, me perdoa, me perdoa.
Não lhe tratei como devia, tu mereces muito mais que eu vejo, por favor volta pra mim, volta pra mim.

Victor Kelis

Nenhum comentário:

Postar um comentário